sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Dilemas…

Post inspirado em Fashion Gazette

Sabe, hoje foi um dia daqueles que até começou bem, muito bem por sinal, até eu perceber que quanto mais você se doa para alguém, menos ela te nota! Pra que tanto esforço pra fazer com que uma pessoa entenda e descubra o quanto você a ama? Chego a conclusão que pessoas gostam de sofrer, você faz de um tudo para tentar agradar essa espécie de seres humanos egoístas, e como a maioria dos burros espero algo em troca. Só não contava que essa reciprocidade é rara.
Diante de tantos dilemas, todos sem respostas claro, passo a refletir se existe alguém se doando ao máximo para mim, e eu como a maioria não estou percebendo. Minha resposta: Sim! Descubro o quão egoísta sou por não perceber o óbvio. Descubro que me doo muito mais do que deveria para pessoas que não fazem parte do meu mundo, pessoas que não acrescentam uma vírgula na minha vida.
Na verdade esse era pra ser um post sobre moda, tendência, mas queria desabafar e mostrar o quanto somos seres estranhos, cheios de sentimentos estranhos, o pior sem domínio algum sobre os mesmos, uma pena.
Reflita: "Sim, algumas pessoas – algumas – sempre vão te sugar o máximo e vão te dar em troca o proporcional inverso por isso. O problema da serenidade e da calma é que nem sempre elas têm o efeito que imaginamos. Quando cedemos a uma exigência após a outra, esperamos conseguir algo em troca (…). Concordar com tudo, pode levar os outros a pensar que é fácil abusar de você.”  do livro Guia de negociação para mulheres – Como conseguir o que se quer com inteligência e sem perder o charme“, de Leslie Whitakes e Elizabeth Austin
Achei legal essa frase, por isso vou colocá-la: 

2 comentários:

Douglas John Paul Gallagher disse...

Li alguns posts e gostei muito do blog, parabens.

Gostei da forma realista em que descreveu a reciprocidade das pessoas e o seu próprio comportamento perante as outras. Se questionar sobre isso é fantástico, você diz se doar tanto por amor(o que eu acredito), mas saiba que todo amor é também amor próprio.

Bjussss e desculpe qualquer coisa no comentário.

Na m

Mundo da Lili disse...

Olá obrigada por passar aqui no Mundo da Lili e comentar o post! Agora você falou uma verdade, existem vários tipos de amor, muitas das vezes nos esquecemos do amor principal AMOR PRÓPRIO! Concordo plenamente com você!
Bjimmmmmm

Postar um comentário

Compartilhe

Share |